COSAFA E CAN NO HORIZONTE DOS MAMBINHAS EM PORT LOUIS

Por: POR RAIMUNDO ZANDAMELA
Fotos do Arquivo
 
A Selecção Nacional Sub-17 de Futebol  partiu ontem de Maputo com destino às Ilhas Maurícias, onde de 19 a 29 do mês corrente participa do Torneio Cosafa da categoria. Os Mambinhas estreiam nesta quinta-feira diante da Zâmbia, por sinal campeã em título, no Auguste Vollaire. No segundo desafio, marcado para o dia 22, a formação moçambicana medirá forças com a África do Sul. A fechar a fase de grupos os “Mambinhas” defrontarão o Lesotho. Vinte e quatro anos depois, Moçambique volta a encontrar a África do Sul, numa versão renovada, sendo esta mais uma oportunidade para se impor, visto que em todos os confrontos os sul-africanos saíram-se triunfantes. Apesar de o combinado nacional estar inserido no grupo da “morte” nada impede que os treinados de Luís Fumo, técnico da Selecção Nacional, possam repetir a façanha alguma vez conseguida pelo professor Martinho Fernandes, quando em 1994 afastou o Zimbabwe na lotaria das grandes penalidades nas meias-finais da primeira edição deste torneio, tendo perdido na final para a África do Sul por 2-1. Aliás, foi com a mesma equipa que Martinho Fernandes qualificou os Mambinhas para o Campeonato das Nações Africanas (CAN) do Mali no ano seguinte, tendo perdido na final, curiosamente na marcação das grandes penalidades, com o país anfitrião. Lembrar que a grande novidade é que o vencedor desta competição irá representar a região austral na Taça das Nações Africanas que irá se realizar de 12 a 26 de Maio de 2019 e que comportará oito equipas. A importância deste campeonato foi reforçada pela Confederação Africana de Futebol (CAF), que tomou a decisão de alterar o anterior figurino de qualificação.