UD Songo vai procurar conquistar os primeiros pontos no seu talismã

Por: Joca Estevão
Foto do Arquivo


Para o técnico da União Desportiva do Songo, há necessidade de dar a volta à situação, atendendo que a equipa teve derrotas nos últimos jogos que disputou, o que considera mau para ele, como para o grupo que orienta. – Temos que reverter este quadro.
Vamos continuar a trabalhar para nos redimirmos deste momento nos próximos jogos da Taça CAF. A nossa missão é sempre fazer melhor que no jogo anterior, referiu o técnico.
Chiquinho Conde falou do desaire em Port Said no jogo referente à primeira jornada frente ao El Masry, deixando ficar que, apesar da derrota, ficou feliz pelo jogo conseguido num ambiente sempre hostil aos visitantes.
– Depois do jogo fica sempre um sabor amargo pela derrota. Particularmente, fiquei triste não pela qualidade do jogo, antes pelo contrário, até porque sabíamos do ambiente difícil que íamos encontrar no Egipto. Depoisde estarmos a perder por 1-0 a equipa esteve igual a si mesma, concretamente na segunda parte. Mas continuamos a sofrer golos que não são admissíveis em alta-competição. Sabíamos que o El Masry era uma equipa perigosa na transição pelas laterais e cruzamentos para a zona central, lamentou o técnico.
A União Desportiva do Songo joga depois de amanhã no Campo do Ferroviário da Beira frente ao RSB Berkane, de Marrocos, devendo procurar conquistar os seus primeiros pontos na fase de grupos da Taça CAF, depois de ter perdido no arranque desta fase diante do El Masry do Egipto por 2-0.
Em jogos da égide da CAF, no Campo do Ferroviário da Beira, a União Desportiva do Songo sempre venceu e será com esta ideia que os pupilos de Chiquinho Conde vão enfrentar os marroquinos do RSB Berkane, independemente da grandeza do adversário, até porque na primeira fase da Liga dos Campeões derrotou o TP Mazembe sem apelo nem agravo por expressivos 3-0, obrigando os poderosos congoleses ao anti-jogo para não sofrer mais golos que pudessem pôr em causa os 4-0 de Lubumbashi.
Recorde-se que o Songo, depois de empatar em Moroni contra o Ngaya Club das Comores, na primeira “mão”, venceu no cadeirão do Chiveve na segunda por 2-0 e depois da já referenciada vitória frente ao TP Mazembe ainda bateu o El Hilal Elobied do Sudão por 3-1 na primeira “mão”, perdendo na casa deste por 2-1.

Leia mais...