Tricolores voltam a luzir

 

Texto de Deanof Potompuanha

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Fotos de Luís Muianga

O Maxaquene regressou às vitórias na tarde de ontem, ao vencer o ENH (2-0), no encerramento da 8.ª jornada do Moçambola-2018. Voltam, assim, a luzir as três cores da equipa, ainda mais com um novo “look”, mau grado os números das camisolas serem literalmente invisíveis, para além dos próprios nomes dos jogadores. Que o digam os nossos colegas da Rádio que se viram e se desejaram para transmitir fielmente as incidências do jogo. Mas vamos o que interessa.

Ora, vindo o ENH de uma vitória caseira diante do 1.º de Maio, foi a Maputo para tentar evitar uma derrota, tendo para tal montado a sua estrutura atempadamente. Por seu turno, o Maxaquene, que vinha de um empate contra o Ferroviário da Beira, pesava sobre si a responsabilidade de assumir o jogo. E foi o que aconteceu. Os pupilos de Antoninho Muchanga incomodaram por duas vezes Joaquim, ainda que tal não tenha sido suficiente para fazer balançar as redes à sua guarda.

A primeira contrariedade para Alcides Chambal surgiu transcorridos 10 minutos do jogo. Sai o avançado Jerry, por lesão, e para o seu lugar entrou o médio Manuelito.

Leia mais...