Não me sinto diminuído

Quis o destino que fosse cair no Sporting de Nampula, clube que luta para ascender ao Moçambola, mas nem por isso se sente diminuído. Até porque a vida é feita de experiências.

Quando chegou a Nampula logo à primeira vista ficou com boas impressões, até porque, de acordo com ele, terá sido bem recebido.

− Fui convidado pelo presidente do clube e pelo treinador a fazer parte deste projecto, tendo o recebido com maior naturalidade, tal como já o fiz com os outros. Aliás, eu já havia passado pela mesma experiência no Estrela Vermelha, por isso para mim não foi algo novo –afiança Danito Parruque, para quem o projecto do clube terá sido determinante para que aceitasse o convite, ou seja, ele reviu-se no mesmo.

Ibraimo Assamo