Não traí o Enoque João segui a minha intuição!

Gilberto Guibunda

Fotos de Luís Muianga

A recuperar de uma luxação que o obrigou a uma intervenção cirúrgica no tendão do seu pé direito, Joaquim João, eternizado com a marca desportiva JJ Sport, que já é usada no Moçambola pelo Ferroviário de Nacala, afiança não ter traído Enoque João para se juntar à lista de Chang, na ruidosa corrida à FMF. 

O atribulado sprint à presidência da Federação Moçambicana de Futebol já vai tirando protagonismo a outros acontecimentos desportivos nacionais, muito por conta dos nomes anunciados como candidatos, tendo já dado a cara personalidades como Manuel Chang e Xandó, enquanto outros se mantêm na sombra.

De permeio, algumas individualidades vão mudando de simpatias, como é o caso de Joaquim João (parceiro de Enoque João na marca desportiva JJ Sport, já vestida peloFerroviário de Nacala, que milita no Moçambola), que juntou-se ao movimento que apoia a candidatura de Manuel Chang.

Jota Jota, como é carinhosamente tratado nos meandros futebolísticos, diz que não traiu o Presidente da Casa de Moçambique ao aliar-se ao movimento de Chang. “Segui a minha intuição”, diz JJ.

NA LISTA DE CHANG PARA FMF

– O tema mais sonante da actualidade desportiva nacional é a movimentação dos candidatos à presidência da  Federação Moçambicana de Futebol (FMF). De que lado o Joaquim João se encontra?

Estou na lista do Dr. Manuel Chang, uma pessoa com perfil, que eu acho inquestionável e consensual mas que vai depender do manifesto dos outros candidatos para a sua eleição. Já surgiu um outro candidato que se deve respeitar, o ex-atleta Xandó, e está de parabéns pela iniciativa que tomou.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Próximo Jogo

sábado, 30 março 2019
F. Beira vs Textáfrica
00:00 | Beira
F. Maputo vs Desportivo
00:00 | Maputo
L.D. Maputo vs ENH
00:00 | Maputo

Publicidade