LUTA A DOIS NO CENTRO E NO SUL

Por: GILBERTO GUIBUNDA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Foto de Arquivo

Com a Zona Norte arrumada à espera do veredicto final, ainda no segredo dos deuses por parte da Federação Moçambicana de Futebol, a luta pelo acesso à divisão máxima do futebol nacional prossegue pelas duas restantes regiões, Centro e Sul. Pelo andar da carruagem já se percebe que a luta pela subida poderá ser restrita a duas equipas, ainda que seja uma posição precipitada, pois o caminho ainda se afigura espinhoso para todos os participantes, incluindo os respectivos líderes. Prova disso foi dada nesta jornada, sobretudo, onde a Associação Desportiva de Macuácua e o Desportivo de Maputo tiveram de se aplicar para levar de vencida a UP da Maxixe, por 3-2, e Sargentos de Boane, por 1-0, respectivamente. Nada fazia prever que por estas alturas as duas formações pudessem passar por dificuldades tamanhas, começando pelos manjacazianos, que jogando no seu meio e perante o apoio da sua massa adepta quase que deixavam cair uma vitória para os pedagogos da Maxixe, neste momento em antepenúltimo lugar com apenas 10 pontos.

É sinal de alarme para o que ainda vem, o mesmo se encaixando para os alvi-negros, que embora jogassem fora de portas estiveram à beira de um deslize que poderia atrasar ainda mais as aspirações de um possível regresso ao Moçambola.

Atenção ao Estrela Vermelha de Maputo, que renasceu e agora apenas só sabe vencer. Nesta jornada bateu (0-1) os estudantes da Académica e já vai em terceiro lugar isolado com 28 pontos. Destaque para a próxima jornada, que deverá acolher um Ferroviário de Gaza-AD Macuácua.

Leia mais...