«Tentámos dar o máximo de nós», Milagre Macome

– Em primeiro lugar devo dizer que jogámos contra uma grande equipa. É vice-campeã africana e actual campeã angolana. Sobre o jogo, entrámos determinados e controlamos o primeiro quarto do tempo mas no segundo veio de cima o poderio físico, atlético e técnico do Libolo. Tentámos dar o máximo de nós, naquilo que foi a preparação para esta competição. Contra factos não há argumentos, o Libolo foi mais forte, jogámos até aonde pudemos, de ponto de vista físico, técnico e táctico, observou Macome perspectivando o futuro da sua equipa.

–Vamos continuar a trabalhar e perspectivar o futuro. Temos uma grande equipa apesar de, nesta competição termos estado reduzidos dos nossos principais atletas mas deu para mostrar que temos em Moçambique vasto potencial. Temos que trabalhar, reorganizarmos mais e a perspectivar mais as competições internacionais, não pensando só em competições nacionais. É preciso potenciar a equipa no ponto de vista técnico, físico e táctico mas fizemos o que foi possível com a estrutura que nós aqui apresentámos, conclui o treinador.

Gilberto Guibunda, em Gaberone com apoio do CFvM.