Hidroeléctricos rendem-se ante operários

Chiquinho Conde, treinador da UDS, sabia muito bem que não é assim tão fácil jogar em Quelimane e vencer este 1.o de Maio, por isso colocou a sua equipa na máxima força, mas os donos da casa também não queriam deixar os seus créditos em mãos alheias, se calhar porque sabiam que uma derrota iria complicar mais a sua posição na tabela classificativa.

No arranque da segunda volta do Moçambola a equipa do 1.o de Maio de Quelimane recebeu e venceu a União Desportiva do Songo por 2-0, com golos marcados por Muassano, aos 43 minutos da etapa inicial, e Djaló, aos 57 minutos, portanto, isso já na etapa conclusiva.

António Mila Jr.