DOMINAR E MALTRATAR…

Por: custódio mugabe
Fotos de Arquivo
Foi com o antigo internacional moçambicano Jossias Macamo no banco técnico, em substituição do castigado Horácio Gonçalves, que o Costa do Sol recebeu e maltratou o Ferroviário de Nacala por 4-1, numa partida que os “canarinhos” jogaram a seu bel- -prazer. O Costa do Sol apresentou- -se com um onze inicial igual ao que começou a etapa complementar com a Liga Desportiva, entrando Nelson no lugar de Isac na equipa que começou o jogo contra a Liga Desportiva. A partir daí a turma anfitriã não escondeu a vontade de conquistar os três pontos, perante um adversário combativo e também organizado, sobretudo em missões defensivas, explorando, a espaços, a velocidade de Elias, Massawa e Ndazione para sair em contra-ataque. Até aos 20 minutos os canarinhos haviam já desperdiçado duas oportunidades flagrantes, primeiro por Chawa, que se deixou cair reclamando falta na pequena área, e depois por Eva Nga, que rematou rasteiro para defesa atenta de Nando.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade