Para o ano há mais

Redacção 

“Apostávamos nesta prova e queríamos estar na final. Montamos uma estratégia do jogo que passava por criar dificuldades nas saídas dos jogadores do Costa do Sol. Funcionou até à meia hora do jogo onde fomos mandão, mas a primeira vez que o Costa do Sol ameaçou a nossa baliza fez o golo. 

Para o ano há mais e esperamos pela próxima edição da Taça da Liga para chegarmos à final. Se o Costa do Sol vencer a prova, será um justo vencedor, merece”, reconhece Samuel Chivava, treinador-adjunto do Chibuto apos derrota da sua equipa com o Costa do Sol, no jogo de acesso a final da Taça da Liga BNI.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão