UD Songo em Alta

Por: BERNARDO CARLOS

Uma partida que começou com ambas equipas concentradas no diagnóstico do sistema táctico preparado para cada banco técnico. Neste primeiro quarto do jogo foi o Ferroviário de Nampula que apareceu com oportunidades de golos, numa fila de seis, mas todas investidas foram desperdiçadas. Aos 15 minutos surgiu Pelembe isolado, com apenas Leonel à sua frente, mas não conseguiu abrir inaugurar o placard. Já a caminho dos 20 minutos e com sérios problemas de marcação, a UD Songo se encontrou, acabando com um poder de controlo e dominando por completo o adversário. Porque o factor casa contribuiu, surgiu o primeiro golo da partida aos 19 minutos por intermédio de Lau King. O golo surgiu numa jogada do flanco esquerdo e num cruzamento de Amorim para o miolo da grande área. Sem oposição suficiente e a saltar mais alto, Lau King, de cabeça, abriu o activo.

Leia mais... 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade