Quem ri por último ri melhor!

Por: Raimundo Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo

Foi a 29 de Setembro do ano corrente que estes conjuntos cruzaram- -se nas meias-finais da Taça de Moçambique. Uma data de má memória para os donos da casa, que vergaram (2-0) com este adversário, tendo sido consequentemente afastados da segunda maior competição futebolística do país.

Por ironia do destino, as duas equipas estiveram frente-a- -frente para um segundo round, onde a Liga fez a desforra e sorriu no fim. A vitória conseguida no último sábado diante do finalista da Taça por 3-0 serviu para os representantes da província de Maputo despedirem-se do Moçambola da melhor maneira possível, depois de um campeonato que quase foi seu.

Já em contextos diferentes, os treinados de Akil Marcelino mostraram ter superado o golpe tido no jogo passado, deixando claro que em sua casa o dono é quem manda, apagando a imagem daquela Liga permissiva, sem ambição e muito relaxada que se apresentou diante do Ferroviário da Beira no jogo da Taça.

Leia mais...