TAL MAXAQUENE, TAL FRANÇA!

Por: RAIMUNDO ZANDAMELA
Fotos de Jaime Machel
 

… e a história repetiu-se! O Maxaquene voltou a superiorizar-se ante o Ferroviário de Maputo. Curiosamente no dia em que caiu o pano do Campeonato Mundial de Futebol, que vinha decorrendo na Rússia, conquistado pela selecção tricolor da França, a equipa do Maxaquene, também tricolor, voltou a fazer história, ao impor a terceira derrota nesta época ao Ferroviário, desta feita por 3-2. Os números falam por si. Três passa a ser também o número da sorte da equipa tricolor. Na primeira volta os treinados de Antoninho Muchanga venceram os locomotivas da capital por 3-1,sucendendo o mesmo resultado (31) no jogo da Taça de Moçambique e, para não variar, encerra o ciclo derrotando o mesmo adversário por 3-2. Caso mesmo para dizer que o dia 15 de Julho de 2018 é dos tricolores (azul, vermelho e branco). De resto, foi uma jornada que produziu cinco golos e as duas equipas proporcionaram um verdadeiro espectáculo em campo. Sim, uma verdadeira propaganda do futebol moçambicano. Desta vez Nélson Santos abdicou dos serviços de Kamo-Kamo e Diogo, deixando estes no banco na etapa inicial. Ainda assim o Ferroviário de Maputo entrou a pressionar, obrigando o Maxaquene a baixar as linhas, apostando na defesa. Apenas faltava um finalizador para premiar a boa exibição da equipa caseira. O golo, esse, surge à passagem do minuto 34. Kito inaugura o marcador após receber uma bola endossada da asa esquerda por um dos seus colegas. Este, posicionado na zona de rigor, faz um remate rasteiro que não deu hipóteses de defesa a Franque. Um golo que não mereceu festejos por parte do autor, que num passado recente vestiu as cores adversárias. O Maxaquene teve enormes dificuldades para elaborar as suas jogadas ofensivas, optando na maior parte das ocasiões em procurar faltas próximo da grande área, claro para o matador (Bruno) fazer das suas! A alegria foi a dobrar para Nélson Santos, que conseguiu montar uma equipa ofensiva, que entrou com tudo para sair com o golo tranquilizador ao intervalo.