Saída de Victor Matine defrauda as expectativas da UP de Manica

Por outro lado, Ndaípa disse que tem plena confiança em Aleixo Fumo, o novo timoneiro dos universitários.

A FMF enviou uma carta no dia 14 de Março, às 19.00 horas, a solicitar à UP Manica a cedência do nosso técnico-principal, Victor Matine, com efeitos imediatos. O pedido era com um imperativo e nós respondemos favoravelmente a sua pretensão, no dia seguinte (15 de Março), disse Charnaldo Ndaípa, presidente da UP Manica, que ainda disse à nossa Reportagem que não houve qualquer espaço para negociação. Recusar seria criar atritos e essa não é a nossa maneira de estar no desporto. Estávamos perante uma solicitação de um órgão máximo do futebol nacional. Até porque o treinador também estava disposto a abraçar o novo projecto, de cariz nacional. Acredito que a proposta salarial é bem melhor que a nossa, desabafou.

Joca Estêvão