O nosso mercado é o jogo

Interioriza que o mercado para os seus jogadores e para ele também é o jogo, onde se deve dar o máximo para, no futuro, conseguir melhores contratos.

Temos no nosso plantel jogadores que nunca competiram no Moçambola. Apenas quatro jogadores já estiveram numa prova dessa envergadura. Os restantes componentes são provenientes dos distritos, entre outros que veem da segunda divisão. Estão consciencializados da situação do clube. Quando chega a hora do treino, deixam os problemas para trás, revelou Sitoi.

Além de estar a comandar os aspectos técnicos e tácticos da sua equipa, o treinador, que no ano passado esteve ao serviço da Associação Desportiva de Macuácua, tem o papel de motivar os membros do seu grupo.

A forma que encontro para motivar os meus jogadores é tentar mostrá-los que estamos todos numa prateleira. O nosso mercado é o jogo. Só a partir do que nele fazemos podemos dar saltos maiores no futuro. Por isso que não nos podemos apegar às dificuldades. Não temos outra saída se não trabalhar, afirmou Sitoi.

Joca Estêvão