Moçambola vai conquistar cinco jogos televisionados por semana

O Moçambola vai passar a contar com cinco jogos televisionados por semana, sendo três produzidos pela Zap e transmitidos pela Stv, enquanto os outros dois vão ser concedidos a Televisão de Moçambique (TVM). 

De referir que a Liga Moçambicana de Futebol (LMF) assinou um compromisso com a Zap para a transmissão televisa do Moçambola até 2020 por valores a serem revelados na próxima Assembleia-Geral da LMF. 

No âmbito da divulgação oficial do acordo para as transmissões televisivas dos jogos do Moçambola, o presidente da LMF preferiu não revelar o valor que a MStar (Zap), empresa de telecomunicações, vai conceder para o Moçambola, embora já se propale que ronda os 250 mil dólares americanos por ano. Couana prefere comunicar primeiros aos seus associados (clubes) na assembleia da próxima sexta-feira.

No acto, o director da Zap, Marcos Araújo, afirmou que para este ano está a ser equacionada a possibilidade da transmissão de três jogos do Moçambola, designamente na sexta-feira à noite, sábado e domingo na Stv. No concerne aos jogos das sextas-feiras Marcos Araújo disse ao desafio que tudo passa por conversas com os clubes, uma vez a vontade da Zap é que esses jogos sejam realizados no período da noite.

Dois jogos já estão garantidos, mas nós queremos transmitir três jogos por semana. O nosso principal objectivo é dar mais visibilidade ao Moçambola, o que poderá não só permitir que os amantes do futebol moçambicano e internacionais possam assistir os jogos, bem como colocar os nossos jogadores na montra e poderem dar grandes passos na sua carreira futebolística, disse Araújo.

Os outros dois jogos da semana serão concedidos pela Zap, detentora dos direitos de transmissão do Moçambola, a TVM, que poderá transmitir os jogos nas zonas centro e norte, alargando também o leque de opções aos telespectadores.

– O acordo que fizemos com aTVM é de cedência de dois jogos por semana, em coordenação com a Zap, esclareceu Marcos Araújo, acrescentando que é preciso estender o Moçambola para mais zonas do país, precisou o representante da ZAP, que também realçou que a Zap não entra neste projecto para agregar e não para dividir chamar a TVM para esta parceria para que possa transmitir os jogos do Moçambola de 2018 a 2020. Numa primeira fase a Zap vai transmitir os jogos na zona sul, mas caso surjam jogos que possam interessar na zona centro e norte poderemos transmiti-lo.

Joca Estêvão

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade