Fachy chuta espectro de despromoção

o 1.º de Maio, e acima de tudo desviasse o espectro da despromoção que tira sono aos seus adeptos e dirigentes.

O Maxaquene nem precisou mesmo de uma grande exibição. Bastou a sorte, num lance de inistência que desta vez Jojó não conseguiu travar depois de antes ter travado tantas situações.

E no jogo de luta cara a cara pela manutenção – as equipas entraram separadas por dois pontos a maior para 1.º de Maio, com 32 contra 30 dos visitados – o Maxaquene ainda entrou displicente, o que chegou a dar uma tranquilidade aos “trabalhadores” para, com uma boa organização, tentarem aproximar-se mais à baliza dos visitados.

Atanásio Zandamela/Luís Muianga