Líder defronta o aflito Maxaquene na jornada em que os canarinhos recebem os hidrocarbonetos

Em Songo, a União Desportiva, líder do Moçambola, recebe em sua casa o aflito Maxaquene que na tabela classificativa não está sossegado. Os tricolores querem sair da zona da penumbra que se encontram e sabem que nesta altura da competição qualquer ponto é importante. Entretanto, sabem também que pela frente têm um adversário que está hípermotivado e que quer dar sequência aos bons resultados para manter a distância que o separa com o seu mais directo perseguidor, o Costa do Sol. Jogo grande em perspectiva no Songo!

Mais a sul e na capital do país, o Costa do Sol que na jornada anterior venceu o Maxaquene, recebe no seu meio a aguerrida formação de Vilankulo, os hidrocarbonetos da ENH. A equipa de João Chissano tem sido quebra-cabeça para os adversários daí que não seja difícil fazer o prognóstico desta partida.  

Na zona Norte joga-se o dérbi nortenho. O Ferroviário e Desportivo, duas equipas de Nacala, jogam entre si. Esta é uma partida considerada de alto risco pela Liga Moçambicana de Futebol, sobretudo pelo comportamento dos adeptos das duas formações que se apresentam fervoroso no apoio das suas equipas.

Todos os jogos serão realizados no domingo.

Eis as restantes partidas:

Textáfrica-Fer. Maputo

Fer. Nampula-Chingale

Liga-Fer. Beira

1º de Maio- AD Macuácua

Chibuto- UP Niassa

Por Gilberto Guibunda