Liga(ção) destorcida!

A equipa “muçulmana” assumiu que este ano iria virar os seus canos à manutenção, mas no início da temporada mostrou que tinha arcaboiço para lutar pelos lugares cimeiros. Como que a fazer jus ao seu “desejo”, na caminhada, quedou-se…

No final da temporada passada a Liga Desportiva de Maputo se dispôs a reduzir o seu orçamento para a equipa principal de futebol e constituir um plantel modesto, com jogadores jovens e com boa margem de progressão. Nesse momento, ainda sem definição de quem seria o treinador, falou-se das saídas de Liberty e Momed Haji, mas acabaram por se manter, saindo Gildo, Chico, Osvaldo, Kito, Andro, Mário e Zicco e fazendo regressar Joaquim (guarda-redes), Naftal e Edson, que actuam como defesas.

Liga não se pronuncia

Face às circunstâncias, desafio contactou a Direcção da Liga Desportiva de Maputo para se pronunciar, mas esta preferiu não se alongar com justificações sobre o mau momento que a equipa atravessa neste momento, ou seja, não quis confirmar se o propalado atraso dos salários dos jogadores ou a possibilidade de mudar de equipa técnica têm a ver ou não com a senda dos maus resultados.

O certo é que nos últimos jogos a Liga Desportiva de Maputo, mesmo tendo alguma supremacia perante os adversários, em alguns, não conseguiu vencer.

Joca Estêvão/Domingos Elias