Campeão nacional não vacila com bis de Andro

Nos minutos iniciais a duas equipas tiveram muitas dificuldades para explanarem o seu futebol, eventualmente divido o piso do terreno que estava pesado demais, pois a chuva caiu na noite de sábado até madrugada do domingo, deixando em alguns pontos do campo escorregadio.

Aos 26 minutos numa dessas, Andro abriu o activo ao concluir de cabeça com êxito o cruzamento de Hagi na pequena área, aproveitando a desatenção da defensiva contraria na marcação que o deixou solto.

O segundo golo foi marcado aos 59 minutos.  A uns cinco metros da linha da grande área do lado direito como atacava a sua equipa, de costas virada a zona de canto, na conversão de um pontapé de livre, com classe e jeito, em forma de arco colocou a bola no fundo da baliza defendida por Jonas que não tevê hipóteses de defesa.

Chiruclério Ndatoma/Mac