Furacão faz estragos em 12 minutos

Em 12 minutos os “locomotivas” da capital do Norte sofreram três golos, num jogo em que até aos 80 minutos estavam a vencer.

Está mais do que provado que o futebol não é uma ciência exacta, tanto é que só se pode comemorar a vitória após ao apito final do árbitro. Terá o Ferroviário de Nampula sido traído pelo comodismo logo após marcar o segundo golo, numa altura em que a equipa da casa, mais do que irreconhecível, estava literalmente desnorteada, facto que obrigou os poucos, mas ruidosos adeptos, a pedirem a entrada deste em detrimento daquele.

Golos:Telinho, aos 8’, 80’ e 90+2, Bheu, aos 89’ (Liga Desportiva de Maputo), Raúl, aos 33’ e Vivaldo, aos 49’ (Ferroviário de Nampula).

Ibraimo Assamo/Luís Muianga