Luckman e Sidique às ordens de Conde

Como é sabido, o Ferroviário de Maputo é um dos clubes que não se sentiu satisfeito com o comportamento da sua equipa em 2016. Os campeões nacionais de 2015 não tiveram uma época digna e acabaram por não defender o troféu conquistado, acabando por terminar a época na sexta posição no Moçambola/2016, com 49 pontos, menos 12 pontos que o seu homónimo da Beira.

Desta forma, para alterar o cenário, o avançado nigeriano Luckman, que durante as últimas duas temporadas jogou pelo Maxaquene, é um dos novos rostos da equipa de Conde. Ainda para reforçar o ataque, os “locomotivas” têm assegurado os préstimos de Mário Sinamunda, que depois de várias temporadas de sucesso no Ferroviário da Beira não ficou na Liga Desportiva de Maputo.

Para tornar a equipa ainda mais forte o Ferroviário de Maputo foi buscar Miterland ao Desportivo de Nacala, que se juntam a Sidique, que durante largo tempo evoluiu no Desportivo de Maputo, ora despromovido. A este leque de jogadores juntam-se o polivalente Henriques, que também foi “alvi-negro” nas últimas temporadas.

Joca Estêvão

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Próximo Jogo

sábado, 30 março 2019
F. Beira vs Textáfrica
00:00 | Beira
F. Maputo vs Desportivo
00:00 | Maputo
L.D. Maputo vs ENH
00:00 | Maputo

Publicidade