Trabalhámos com menos do que o mínimo

– Havia o mínimo de material para se poder preparar a equipa?

– O Desportivo tinha menos que o mínimo. Quando chegámos, fizemos um diagnóstico, fizemos uma lista do material que precisaríamos, mas só nos foi disponibilizado, se calhar, a décima parte do que pedimos, mesmo assim a muito custo.

Depois, fizemos os últimos cinco meses de uma forma terrível, em termos de material de trabalho, incluindo o espaço para treinar. Tínhamos apenas dois dias garantidos de treinos no campo do Costa do Sol, que era à quarta e quinta-feira. Nos restantes dias tínhamos enormes dificuldades em saber onde iríamos preparar a equipa.

César Langa

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Próximo Jogo

Publicidade