Fer. da Beira defronta Étoile proibido de perder

Com quatro pontos em 12 possível, o Ferroviário, agora comandado por Rogério Gonçalves, enfrenta o líder do grupo, proibido de perder para manter ainda vivas as aspirações de seguir às meias-finais no mínimo como segundo classificado num grupo (“A”) que tem três equipas com quatro pontos cada.

Para a mesma jornada as equipas sudanesas do El Merreikh e do El Hilal jogam entre si.