Quatro pugilistas a uma vitória das medalhas

A nível de femininos onde o número de atletas é reduzido as pugilistas moçambicanas entraram directamente nos quartos-de-finais e qualquer delas se ganhar hoje garante presença nas meias-finais, o que vale no mínimo bronze. Ângela José defronta uma oponente tunisina e Rady Gramane terá pela frente uma atleta da República Democrática do Congo.

Já em masculinos, João Baptista, que ontem afastou um atleta da República Democrática do Congo, defronta hoje um oponente das Ilhas Maurícias enquanto Lourenço Cossa, que na estreia despachou em 15 segundos um ugandense, terá pela frente um atleta do Botswana.

Lembre-se que há quatro anos Moçambique somou dois bronzes.