África do Sul e Zimbabwe disputam final da COSAFA

num “face-to-face” que irá acontecer no Barbourfields pelas 15h.00 horas.

Seis anos depois, a África do Sul volta a encontrar o seu carrasco de sempre, o Zimbabwe. Recorde-se que em 2011 as anfitriãs venceram as filhas de Madiba (Nelson Mandela)  por  1-0, numa final épica havida na capital zimbabweana, Harare, pelo que amanhã será, sem dúvidas nenhumas, o momento ideal para  as sul-africanas fazerem a desforra.

Importa realçar que o Zimbabwe acolhe o torneio pela terceira vez, depois de tê-lo feito em 2002 e 2011, importando lembrar que os anfitriões protagonizaram a maior goleada do torneio em 2002, ao esmagarem o Lesotho, por contundentes 15-0.

Já a África do Sul lidera a lista dos melhores marcadores do evento de sempre, com 31 golos marcados em 2002. As vítimas da fúria sul-africana foram o Botswana (14-0), Moçambique (13-0), e Suazilândia (4-0).

O repto está lançado. Que vença o melhor.