Abel Xavier “espia” Madagáscar

esta última que Moçambique muito em breve voltará a cruzar o seu caminho nas eliminatórias para o Campeonato Africano das Nações (CAN). O técnico moçambicano ressaltou que foi uma feliz coincidência ter tido a oportunidade de observar o seu adversário para melhor conhecê-lo e consequentemente estudá-lo por forma a evitar surpresas. “ Para mim, foi importante ver o jogo com o adversário que dentro de dias cruzará o nosso caminho. Tal como disse anteriormente sempre respeitamos a Cosafa assim como os nossos adversários, mas os nossos objectivos já foram traçados continuaremos focados neles, “destacou Abel Xavier.

 

Raimundo Zandamela, em Rustenburg