Mart perde de novo e volta cedo para Dar-Es-Salam

 

Para este jogo, Mart fez tudo o que esteve ao seu alcance para merecer melhor sorte, tendo entrado, inclusive, com uma equipa diferente da que perdeu com a Suazilândia no primeiro jogo, mas pela frente teve uns endiabrados malgaxes, cujo treinador (Franck Rajaonarisamba)voltou a apostar na mesma equipa que na ronda inaugural derrotara, com mérito, o Lesotho, por 2-1.

A má sorte começou a bater à porta da rapaziada de Mart Nooij ainda cedo, aos 14 minutos, quando Rakotoharimalala apontou o golo inaugural, tendo Randriamanjaka aumentado o score aos 44 minutos, deixando toda a gente longe de pensar que aquele golo seria a sentença da partida.

Apesar de alguma pressão da Tanzania no segundo tempo, a verdade é que Madagáscar soube defender o resultado a até criou oportunidades para engordar o placard, mas "no fim do dia" nenhuma das equipas conseguiu mudar a história do jogo, escrita nos primeiros 45 minutos.

No final da partida, a marca de desolação era indisfarçável no semblante de Mart Nooij, que disse que a sua equipa não foi na sua máxima força, mas que o mais importante foi ter tido a oportunidade de preparar a participação da Tanzania para o CAN-Interno e CAN.

Posto isto, a Tanzania, que, recorde-se, está no torneio na condição de convidada, vai, amanhã, dar o aceno de despeda diante do Lesotho, já que neste momento não tem nenhum ponto e é última classificada do grupo, que só apura o primeiro classificado.

Este jogo foi apitado por Duncan Lengani, do Malawi, e contou com os préstimos do moçambicano Arsénio Marrengula na qualidade de primeiro assistente. O outro auxiliar foi Isaskar Boois, da Namíbia.

SUAZILÂNDIA E MADAGÁSCAR

NA LUTA PELA QUALIFICAÇÃO

A luta pelo acesso aos quartos-de-final será entre Madagáscar e Suazilândia, tendo em conta que ontem os Sihlangu bateram o Lesotho por 2-0, no jogo de fecho da segunda jornada do grupo, somando agora seis pontos, os mesmos de Madagáscar.

O que vai acontecer na amanhã é de todo imprevisível, se formos pela equiparação da qualidade competitiva das duas selecções, ambas com soluções colectivas quanto individuais capazes de desequilibrar a partida a qualquer momento.

GRUPO B

Resultados

1ª Jornada (18-05-2015)

Tanzania-Suazilândia (0-1)

Lesotho-Madagáscar (1-2)

2ª Jornada (20-05-2015)

Madagáscar-Tanzania (2-0)

Lesotho-Suazilândia (0-2)

Classificação

                         J          V          E         D           B         P

Madagáscar   2          2         0          0          4-1      6

Suazilândia       2          2          0          0          3-0       6

Lesotho            2          0          0          2          1-4       0

Tanzania          2          0          0          2          0-3       0