Mambas em Nelspruit preparando-se para Ndola

Depois de deixar para trás a selecção das Ilhas Seychelles por uma goleada, os “Mambas” voltam a entrar em acção para a qualificação do CAN-Interno, defrontando sábado a incontornável Zâmbia, na ressaca de uma “estranha” derrota diante das Maurícias, para o CAN-2017.

Mano-Mano, que continua no comando dos destinos da equipa de todos nós, tem a consciência da responsabilidade que tem pela frente e tenciona fazer deste jogo um motivo de esquecimento do que se passou há pouco mais de um mês. Diz que cada jogo tem a sua história e agora há que procurar construir outra diante da Zâmbia, em Ndola.

Para tal, avançou com um programa que consiste num estágio de uns dias em Nelspruit, na vizinha África do Sul, começando a treinar hoje à tarde, para amanhã haver uma sessão bi-diária. Depois, os “Mambas” voltarão a sessões diárias até ao dia da viagem. Nestas sessões, de acordo com o treinador, vai-se trabalhar algumas situações defensivas, tendo em conta que o jogo será na Zâmbia e sabendo-se que a selecção adversária poderá pretender, por sua vez, resolver o rumo da eliminatória em casa. Vai-se trabalhar, igualmente, a finalização, porque em jogos destes, quando se tem a oportunidade de fazer o golo não se deve desperdiçar. Se aparecer um em 90 minutos, que seja ele a fixar o resultado. A estes dois aspectos, Mano-Mano junta a necessidade de posse de bola, que é muito importante num jogo fora de portas, para que o adversário não tenha controlo do jogo.