Já prevíamos dificuldades

O avançado do Ferroviário da Beira foi quem refreou o entusiasmo dos malgaxes, ao repor a igualdade, após os donos da casa se terem adiantado no marcador.

– Já prevíamos estas dificuldades, porque estávamos a jogar no terreno do adversário, com o público do seu lado, mas conseguimos vencer as adversidades. Fomos felizes ao marcar o primeiro golo, mas depois aconteceram situações que culminaram com o empate. Mesmo assim não baixámos os braços. Depois do “puxão de orelhas”, na segunda parte tivemos uma atitude mais destemida, em termos de abordagem do jogo. A eliminatória ainda está em disputa, pois falta o jogo da segunda “mão”, Maninho, autor do segundo golo dos Mambas.

César Langa

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade