O árbitro é que vai à final

Redacção

“Era impossível chegar mais longe a jogar contra o árbitro. Houve grandes penalidades por assinalar ao nosso favor e assinalaram um penalty que não existiu. O árbitro assinalou várias faltas contra a minha equipa. Praticamente foi o árbitro que decidiu o jogo.

O árbitro é que vai à final”, Valy Ramadane, treinador-adjunto do Fer. Beira.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade