Crioulo na baliza dos marlins

Alinhou o ano passado pelo Estoril, tendo realizado 28 jogos e sofrido quatro golos e pela selecção oitos jogos, onde sofreu um golo. Quando subiu para a principal liga portuguesa foi numa época em que em pouco mais de 40 jogos que realizou no seu clube bem como na selecção cabo-verdiana apenas sofreu oito golos. Quando Chiquinho Conde deixa Setúbal para Alverca Ernesto era ainda juvenil daquela colectividade. Conta actualmente com 32 anos. Tem curso FIFA PRO, o mais alto curso de guarda-redes, mesma qualificação que têm os treinadores Artur Semedo e Chiquinho Conde.

 O VFC não renovou com Gonçalves, Mauro, Belmiro e com Joe por fim de carreira futebolística. Entretanto, além de Ernesto, o clube já garantiu os concursos do Michael, ex-Ferroviário da Beira, Madeira, que esteve numa academia sul-africana, e espera receber mais dois jogadores.

No quadro da contenção de fundos, o patrono garantiu que o VFC não vai entrar em loucura nas contratações, até porque no meio da época passada foi buscar quatro jovens no Califórnia de Quelimane, dos quais dois já integraram a equipa na época transacta. No quadro do protocolo entre Califórnia de Quelimane e VFC, mais um jogador de Quelimane foi contratado para a próxima temporada. Trata-se de um ponta-de-lança de 16 anos, Helton, que vai engrossar a lista dos matadores. Yassin disse tratar-se de um jovem-promessa na dianteira da equipa. Em cumprimento dos acordos dos dois clubes, o VFC deverá efectuar antes do início do Moçambola um jogo amigável com Califórnia em Quelimane.

“Será assim todos os anos. O VFC vai viajar a Quelimane para brindar aquele público com um jogo amigável com o Califórnia local”, assegurou Yassin Amugi.

 Continuam no clube os guarda-redes Martinho e Edson, os defesas Ali Cadre, Félio, Abdul, Tcharles e Luís I, os médios Mathombe, Mastaile, Abílio, Novidade, Diló, Luís II, Sergito e Sissoko, e os pontas-de-lança Eurico e Tenday.

No quadro da sua preparação, o VFC volta a recarregar as baterias na terra de Madiba, pois a análise da prestação do clube na época passada é considerada positiva, daí que nada mais este ano há se não preparar a época no mesmo local do ano passado.

Chiquinho Conde ainda não definiu o grupo de trabalho que vai levar a Joanesburgo, mas até à primeira semana do próximo ano o plantel estará fechado para começar o ataque ao Campeonato Nacional.