Os dias de felicidade pela conquista do Moçambola-2012

Na passada segunda-feira, 26 de Novembro, precisamente 22 dias da equipa principal de futebol ter derrotado o Têxtil de Púnguè, na 24ª jornada, por 1-0 e consequentemente conquistar virtualmente o título de campeão nacional, presidente José Solomone Cossa pediu demissão do cargo que ocupava.

A juntar-se a esta situação estão questões de índole administrativas relacionadas, em primeiro lugar, com a própria equipa principal de futebol, mormente ainda não clarificadas e que, por isso, abrem espaço para grandes dúvidas sobre a performance que os campeões nacionais terão no próximo ano, quer nas provas internas assim como nas eliminatórias da Liga dos Campeões Africanos.

Mas, para melhor perceber o que está a acontecer no Maxaquene, vamos em partes.