Não vamos desistir de nenhum jogo

A Selecção Nacional de Basquetebol faz no próximo sábado a estreia em um Campeonato do Mundo de seniores femininos, e o seleccionador, Nazir Salé, já definiu o primeiro grande objectivo a atingir.

E o objectivo passa por não desistir de nenhum jogo.

O técnico sabe que o Campeonato do Mundo é um evento extremamente competitivo, no qual as equipas apresentam as suas melhores equipas, pelo que há que saber estar na competição.

Nesse sentido, Nazir Salé diz que, antes de procurar ganhar um jogo, a sua equipa deve lutar do primeiro até ao último minuto.

Não desistindo, a equipa estará a ser digna de estar no Campeonato do Mundo, honrando o país e todo o continente africano que vai representar, ao lado de Angola.

- O Campeonato do Mundo vai ser um evento difícil. Sabemos disso, mas mesmo assim não queremos desistir de nenhum jogo. A priori sabemos que vamos encontrar selecções de grande gabarito, mas não queremos desistir de nenhum jogo. E, quando me refiro a não termos de desistir, estou a querer dizer que temos de tentar tirar partido daquilo que vai ser o nosso poderio, independentemente de termos uma média de estatura baixa. Aliás, apesar de termos uma equipa com estatura baixa, temos toda uma estratégia que foi ensaiada nos treinos e vai ser aplicada durante os jogos. A nossa estratégia passa por contrariar aquilo que serão as nossas dificuldades. Isto é, em termos técnicos e tácticos nós, temos de jogar de maneiras a que possamos tirar proveito da nossa capacidade– frisou Nazir Salé, para quem Moçambique tem de justificar em campo a razão da sua qualificação para o Campeonato do Mundo.

Leia o artigo completo no jornal impresso desta semana.