Vila do Songo engalanada ovaciona campeões

Por:Bernardo carlos
Texto e Fotos

A pacata vila do Songo, sede distrital de Cahora-Bassa, na província de Tete, acordou sobressaltada e engalanada por bandeiras de várias cores, e movimento desusado de pessoas com várias idades, destacando-se jovens, que massivamente provenientes da cidade de Tete, vila de Chitima, Mphende, no distrito vizinho de Mágoè e Marara abarrotaram pela primeira vez este ano o Estádio 27 de Novembro.

Não era para menos! Todo o staff que dirige o futebol federado no nosso país e os grandes patrocinadores da prova máxima da bola indígena estiveram na sua máxima força acampados na vila do Songo para dar o pontapé final do Moçambola e entregar o título inédito da jovem colectividade de uma localidade fora da capital do país, provincial e distrital, que pela primeira vez leva consecutivamente em duas épocas o canecão do Moçambola.

AQUI VIVE O CAMPEÃO - assim se lia nos dísticos e cartazes pendurados um pouco por todo o recinto desportivo do Estádio da HCB, quer no interior como fora, para dignificar o valor entusiasmado pelos briosos meninos do toque da bola na pacata vila do Posto Administrativo de Songo.

Leia mais...