Renascidos das cinzas

Por:  Eliseu Bento
Fotos de António Gombe

Perante a maior enchente do ano em jogos do Moçambola na presente temporada no “Caldeirão”, o “renascido das cinzas” Ferroviário da Beira recebeu e venceu ontem a União Desportiva do Songo por 1-0, num jogo muito disputado, em que só o golo solitário de Barnabas aos 52 minutos fez, de facto, a diferença.

Foi, sem dúvidas, uma vitória arrancada a “ferro e fogo” por parte dos “locomotivas”, perante uma equipa do Songo que, como lhe competia, lutou com todas as suas forças para sair com um outro desfecho nesta contenda.

Entraram melhor os donos da casa, colocando em campo a sua disposição de vencer, perante uma equipa do Songo muito forte do meio-campo para frente, mas com uma defensiva que treme quando pressionada em velocidade.

Leia mais...