FESTA BORRADA POR DETALHES

Por: Atanásio Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Jaime Machel

Estávamos ainda dentro do espírito da celebração do Dia da Vitória e tudo e n c a m i n h av a - s e para um triunfo que encerraria as festividades iniciadas no dia anterior (7 de Setembro) em grande e acima de tudo daria a liderança isolada, mas Moçambique não conseguiu assegurar a vantagem nos dois minutos adicionais que faltavam.

A festa, que já estava a ser feita nas bancadas, acabou sendo borrada por um empate (2- 2) diante da Guiné-Bissau, o que impediu a liderança isolada do Grupo “K” de qualificação para o Campeonato Africano Nações-2019. Com a igualdade Moçambique, que a 10 de Outubro recebe a Namíbia, mantém a liderança partilhada com os guineenses, agora com quatro pontos.

Foi um empate com sabor à derrota, num dia em que Zimpeto encheu como não se via há muito tempo. É que depois de ter estado por dois momentos à frente do marcador Moçambique, com dois erros defensivos, permitiu em ambas ocasiões a recuperação da Guiné-Bissau, que desta forma evitou uma derrota que chegou a estar iminente.

Leia mais...