Ussama mostra firmeza do líder

Por: Atanásio Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Luís Muianga

Ussama, que entrou quase que por acaso para colmatar a saída por lesão de Elias aos 31 minutos, acabou sendo o herói, pois foi do seu pé que, aos 70 minutos, o Ferroviário de Maputo conseguiu a manutenção da liderança do Moçambola. Na recepção ao Clube do Chibuto foi esse golo (1-0) que fez a diferença.

Este foi um triunfo que o Ferroviário de Maputo conseguiu fruto duma melhor segunda parte, pois na primeira metade quem mais mereceu o golo foi o Clube de Chibuto, que não chegou a acovardar-se diante do líder, procurando desde cedo discutir de peito aberto o jogo, mas não soube aproveitar as imensas oportunidades criadas para golo.

O jogo, disputado num dia de temperatura elevada – a previsão indicava 38 graus – começou muito físico, o que de certa forma obrigou Filimão Filipe a exibir três amarelos antes de se jogar 20 minutos para ver se controlava o encontro. Aliás, teve mesmo de fechar olhos para que não exibisse mais. E nalgum momento esse contacto físico permanente fazia com que este não tivesse facilidades de discernir a simulação de faltas reais, daí que tenha sido incompreensivelmente alvo de muita contestação e impropérios. O certo é que estava um jogo feio, sem intensidade e com muitas paragens.

Leia mais...