Chegou a minha vez!

“Sim vou ficar no Bidvest”,foi desta forma que Luís MelvilleParkim, ou simplesmente Parkim, respondeu, depois de ter sido questionado se teria ou não sido aprovado nos testes efectuados no clube sul-africano em Dezembro do ano passado.

Desta forma, Parkim junta-se ao experiente Dominguez, este que milita no mesmo clube depois de ter representado por três épocas o MamelodiSundowns, do magnata Patrice Motsepe. Recorde-se ainda que a porta de entrada do "capitão" da Selecção Nacional na Primeira Liga Sul-Africana foi o Supersport United, onde se sagrou campeão na sua estreia.

Dadas as suas qualidades e talento inquestionáveis, Parkim conseguiu impressionar e convencer a equipa técnica durante os cinco dias em que esteve em observação.Cheguei numa altura em que a equipa entrava em defeso e confesso que nalgum momento fiquei retraído e um pouco céptico quanto à minha permanência, mas como me considero um jogador profissional ganhei confiança e mostrei o que valho. Quando recebi a notícia através do meu agente, dizendo que havia sido aprovado e que o clube se interessou por mim, fiquei feliz! Graças a Deus tudo me saiu a contento, manifestou-se.

Raimundo Zandamela/Luís Muianga