Respeitarei o nosso manifesto eleitoral

Como era de esperar, quando José Carrilho tornou oficial a vitória de Alberto Simango Jr. do processo eleitoral por si dirigido, através da leitura da acta, a Imprensa “assaltou” o vencedor, acotovelando-se violentamente. Era a procura das primeiras palavras do homem que acabava de se tornar novo inquilino da Casa do Futebol, num momento genuinamente de emoções a rodos. E não era para menos, para um indivíduo que minutos antes estava numa situação de total incredulidade, com esperança e inquietação nas mãos de 11 presidentes das associações provinciais ali presentes, apesar de algum conforto moral que as sondagens lhe conferiam.

Simango tinha muito a dizer. Mas tinha poucas palavras para o fazer. Tudo o que lhe sobrava era desfrutar o que a ocasião lhe oferecia. Contemplar a “sua” nova casa. Dizer “muito obrigado” às pessoas que confiaram no seu projecto. Também podia querer abandonar as instalações da Av. Agostinho Neto para festejar a sua vitória, apesar de repetir que todos (amantes do futebol) é que ganharam. 

Leia o discurso completo do Alberto Simango Jr. no jornal impresso.