Nyusi: a vez de um Presidente desportista

O quarto presidente da República de Moçambique em tanto que Estado Independente é um desportista de mão cheia.

Depois de Samora Machel (1975-1986), Joaquim Chissano (1986-2004) e Armando Guebuza (2005-2014), Filipe Jacinto Nyusi é o próximo presidente da República de Moçambique.

Desde a Independência Nacional, a 25 de Junho de 1975, Filipe Jacinto Nyusi será o quarto Presidente da República de Moçambique.

O antigo presidente do Ferroviário de Nampula e, posteriormente, do Ferroviário de Nampula, lidera a contagem de votos da eleição da última quarta-feira com uma larga vantagem sobre os outros dois concorrentes ao cargo, nomeadamente Afonso Dhlakama e Daviz Simango, da Renamo e Movimento Democrático de Moçambique (MDM), respectivamente.

Com a contagem de votos a não apelarem para uma alteração do cenário actual de larga vantagem de Filipe Jacinto Nyusi, o próximo Chefe de Estado moçambicano será, assim, um fervoroso actor desportivo.

OBRA FEITA EM NAMPULA

Filipe Jacinto Nyusi é o Presidente da República que os desportistas moçambicanos esperavam ter nos próximos anos.

Um Chefe de Estado que conhece como ninguém os problemas e ambições do desporto moçambicano e que, por isso, seja uma garantia de que as suas preocupações serão tratadas com uma enorme sensibilidade.

Leia o artigo completo no jornal impresso desta semana. Já nas bancas.

Imagens relacionadas