A ARQUIVO

É difícil fazer melhor sem competições

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Bastante triste depois de ter sido afastada dos quartos-de-final do torneio de ténis, que havia colocado como uma meta, Diana da Costa lamentou que tivesse tido dores no braço durante a partida, o que dificultou sobremaneira a sua missão diante de uma atleta mais jovem que ela.

- Estou triste pela forma como foi eliminada. Ninguém gosta de perder. Mas posso dizer que ainda comecei bem vencendo a primeira eliminatória. Hoje (ontem) até comecei bem, mas depois senti uma dor no braço o que dificultou muito a minha reacção. Outro aspecto é que chegamos tarde ao local dos jogos e nem pude aquecer antes da partida.

Para a jovem atleta, falta competição em Moçambique que permita que lute com outros.

- Nós temos poucos jogos e sem torneios vai ser muito difícil conseguirmos bons resultados sem competirmos. Mesmo assim, vamos continuar a trabalhar com as condições existentes, disse.

Espero ter motivado meus colegas

– Lourenço Cossa, primeiro pugilista vencedor

Depois de ter conseguido o primeiro triunfo para o pugilismo moçambicano nos VI Jogos do SCSA, Lourenço Cossa, era naturalmente um jovem feliz e acredita que a sua vitória poderia motivar os seus colegas.

- O que espero é que esta primeira vitória, seja a primeira de muitas. Nós estamos a jogar bem, a praticar o melhor boxe nestes jogos, mas parece-me que os juízes só querem porrada e não repara na técnica. Tecnicamente somos os melhores e muitos já disseram-nos. Sinto me bastante feliz pela contribuição dada e por até agora ter correspondido à chamada. Espero que continue no mesmo nível já que ainda estou em competições, desejou.

Bronze serve de consolação

– Narciso Matos, primeira medalhado

Depois de conquistar o bronze, Narciso Matos, disse que o mesmo serviu de consolo porquanto estava nos Jogos do SCSA à busca do ouro.

– Não consegui o ouro que pretendia nesta competição, mas a medalha de bronze, que acabei ganhando, serve de consolo. Tenho que admitir que contra o sul-africano estive mal, pois entreguei a iniciativa ao adversário o que permitiu que vencesse. Mesmo assim surgiu este bronze para consolar e quiça incentivar outros colegas.

 

Publicidade
Subscreve se no Jornal Digital

Moçambola 2019

Pos Equipe J V E D GC GM Pts DP
1. C. do Sol 30 20 6 4 25 56 64 +31
2. UD Songo 30 19 3 8 29 47 59 +18
3. Fer. Maputo 30 13 9 8 22 34 43 +12
4. Fer. Beira 30 12 9 9 25 34 43 +9
5. Fer. Nacala 30 12 5 13 31 28 40 -3
6. ENH 30 10 11 9 30 29 37 -1
7. LD Maputo 30 11 7 12 36 30 37 -6
8. Textafrica 30 11 7 12 30 22 37 -8
9. Des. Maputo 30 10 10 10 29 35 36 +6
10. Incomáti 30 10 10 10 31 29 36 -2
LD Maputo 5 : 4 Des. Maputo
Têx. Púnguè 1 : 1 Nacala
B. de Pemba 1 : 2 ENH
Chibuto 1 : 0 UD Songo
Fer. Nacala 1 : 0 Fer. Beira
Fer. Nampula 2 : 1 C. do Sol
Maxaquene 1 : 0 Fer. Maputo
Textafrica 1 : 1 Incomáti

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Topo
Baixo